O que você precisa
Cadastre-se e receba as Principais Notícias da Diocese no seu Email

Primeiro aniversário da publicação do "Amoris laetitia”

Há precisamente um ano, no dia 19 de março, Solenidade de São José, o Papa Francisco publicou a Exortação Apostólica “Amoris laetitia” (Alegria do amor), após o Sínodo dos Bispos sobre a Família.
"A alegria do amor, que se vive nas famílias, é também o júbilo da Igreja": assim Francisco se expressa no início da sua Exortação Apostólica.
Com 263 páginas divididas em nove capítulos, o texto foi publicado quase seis meses após a conclusão da Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos sobre a Família, realizado em outubro de 2015.
Depois de dois anos de intenso trabalho, que Francisco chamou de “caminho sinodal”, o texto do Pontífice foi enviado às dioceses do mundo inteiro, para oferecer as diretrizes e as linhas de ação sobre temas práticos a respeito da família.
Como ressaltou o próprio Papa, devido à riqueza dos dois anos de reflexão do caminho sinodal, a Exortação aborda, com diferentes estilos, muitos e variados temas, que justifica a sua inevitável extensão.
Por isso, o Papa não aconselha uma leitura geral apressada do documento. Assim, as famílias e os agentes da Pastoral Familiar podem e devem aprofundar com paciência o texto e cuidar, com amor, da vida das famílias, “pequenas igrejas domésticas e células da sociedade”.

Fonte: Rádio Vaticano