Cristo Rei do Universo : Artigo de Dom Antonio Carlos Rossi Keller

Cristo Rei do Universo

 

Jesus é Rei do Universo. Tem todo o poder. Virá um dia com todo o esplendor da sua majestade. Há de ressuscitar todos os homens, bons e maus, vencendo definitivamente a morte. E julgará todos os homens no Juízo final, assim como nos diz o Evangelho deste Domingo (Mateus 25,31-46). Bons e maus serão julgados por Ele. E será decretada a sorte definitiva de uns e outros.

Dirá aos bons: Vinde benditos de Meu Pai; recebei como herança o reino que vos está preparado desde a criação do mundo. E dirá aos maus: afastai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o demônio e os seus anjos. E o Evangelho termina: Estes irão para o suplício eterno e os justos para a vida eterna.

É necessário pensar muitas vezes na sorte que nos espera e que depende de nós: “Tive fome e destes-me de comer, tive sede e destes-me de beber”. O Senhor vai pedir-nos contas do cumprimento dos mandamentos da Lei de Deus. Em especial pedirá contas do mandamento do amor. O que fazemos aos outros é a Ele que o fazemos.

Não fazer bem aos que nos rodeiam é negar-se a fazê-lo a Jesus: “Tive fome e não me destes de comer”, dirá aos maus. “Tive sede e não me destes de beber”. Não basta não fazer mal aos que nos rodeiam. A nossa vida temos de vivê-la com Jesus, procurando cumprir os seus mandamentos, procurando que Ele reine em nós pelo amor. E o amor manifesta-se cumprindo o que nos manda.

Jesus quer reinar no coração de cada homem. Ele é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores. Porque é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, é Senhor de toda a criação. É Senhor dos bons e dos maus. Ninguém escapa ao seu poder.

 Mas o Senhor não quer impor pela força o seu domínio. Respeita a liberdade de cada homem, mesmo que ela conduza à pior das loucuras, que é perder a Deus para sempre. Vale a pena saborear muitas vezes o Salmo Responsorial de hoje (Salmo 22): “O Senhor é meu pastor. Nada me faltará. Leva-me a descansar em verdes prados, conduz-me às águas refrescantes”.

Como anunciava o profeta Ezequiel na 1ª Leitura (Ezequiel 34,11-12.15-17): Ele vem à procura das suas ovelhas, cuida delas com amor, cura as que estão feridas, a todas alimenta em pastagens abundantes. Jesus realiza esta profecia e diz que Ele é o Bom Pastor que dá vida pelas suas ovelhas. Ele vai à procura da ovelha perdida e a leva nos ombros, cheio de alegria. Vale a pena seguir tão grande Rei que nos enche de paz e segurança e dá sentido à nossa vida. Ainda que seja preciso andar por vales tenebrosos não temeremos nenhum mal porque Ele estará sempre conosco. Ele prepara para nós a Sua mesa, alimenta-nos com o Pão do Céu, que é o Seu Corpo e Sangue.

Celebremos com alegria e confiança esta Festa de Cristo Rei.



Cadastre-se e receba as Principais Notícias da Diocese no seu Email