Papa Francisco reza por "nossos irmãos chineses" que sofrem com o coronavírus

Imagem referencial. Crédito: Lucrezia Carnelos / Unsplash.

Vaticano, 12 Fev. 20 / 05:00 pm (ACI).- Na Audiência Geral desta quarta-feira, 12 de fevereiro, o Papa Francisco expressou sua oração "pelos nossos irmãos chineses que sofrem esta doença cruel" do coronavírus.

"Que eles encontrem o caminho da recuperação o mais rápido possível", pediu.

Pouco antes, em sua saudação aos fiéis da língua polonesa, o Santo Padre lembrou que, em 11 de fevereiro, "vivemos o Dia Mundial do Doente" e assinalou que, "devido às doenças, muitas pessoas sofrem em nossa sociedade, no mundo e em nossas famílias".

“Que o Senhor lhes dê força, paciência e graça curativa. E sempre nos lembramos deles e os acompanhamos com oração, com proximidade e com gestos concretos de amor compassivo e terno”, expressou.

A variedade de coronavírus chamada “2019 Novel Coronavirus (2019-nCoV)” é uma epidemia internacional que teria surgido na cidade de Wuhan (China).

Os Centros para o Controle de Doenças nos Estados Unidos (CDC) indicam que as pessoas infectadas com coronavírus sofreram desde sintomas leves até pessoas gravemente doentes e mortes.

 

 

Assinalam que os sintomas incluem febre, tosse e falta de ar. "O CDC acredita, neste momento, que os sintomas do 2019-nCoV poderiam aparecer tão cedo como dois dias ou até 14 dias depois da exposição", acrescentam em seu site.

Até o momento, foram registrados casos confirmados de coronavírus na China, Hong Kong, Macau, Taiwan, Austrália, Bélgica, Camboja, Canadá, Finlândia, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Malásia, Nepal, Filipinas, Rússia, Sri Lanka , Singapura, Espanha, Suécia, Tailândia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Estados Unidos e Vietnã.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 11 de fevereiro, havia 43.103 casos confirmados de coronavírus no mundo, dos quais 42.708 foram registrados na China.

O número de mortes por coronavírus, até 11 de fevereiro, atingiu 1.018 pessoas. Desse total, 1.017 mortes foram registradas na China e uma nas Filipinas.

Entre as recomendações feitas pelo CDC para evitar a infecção por coronavírus estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, principalmente depois de usar o banheiro; antes de comer; e depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar.

- Se água e sabão não estiverem disponíveis com facilidade, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool com pelo menos 60% de álcool. Sempre lavar as mãos com água e sabão se as mãos estiverem visivelmente sujas.

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Evitar contato próximo com pessoas que estão doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir-se com um lenço de papel quando tossir ou espirrar e depois jogar o papel no lixo.

- Limpar e desinfetar com frequência os objetos e superfícies tocados, usando um spray ou toalhinha de limpeza regular.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.



Cadastre-se e receba as Principais Notícias da Diocese no seu Email